Sala dos Toninhos recebe a peça "Mujeres Violentas", contemplada pelo FICC

Tipo de evento: 
Peça de teatro
Data: 
31/01/2019
01/02/2019
Horário: 
quinta (31/1) e sexta (1/2), às 20h
Custo: 

O espetáculo "Mujeres Violentas" será apresentado nesta semana, com sessões na quinta, 31 de janeiro, e na sexta, 1º de fevereiro, às 20h, na Sala dos Toninhos, na Estação Cultura. Contemplada pelo Fundo de Investimentos Culturais de Campinas (FICC) na categoria Produção e Circulação de Espetáculo Inédito, a montagem traz à cena a atriz e diretora Verônica Fabrini e a bailarina Ló Guimarães, sob dramaturgia e direção assinadas pela chilena Cláudia Echenique. 

A circulação, que se estende até fevereiro de 2019, também passará pelos bairros Vila Industrial, Vila Padre Anchieta e Vila Esperança, e pelo distrito de Barão Geraldo.

“A violência contra a mulher tende a crescer em momentos de crise e estamos num dos mais profundos momentos de uma crise nacional e global - ética, política e econômica - nessa ordem, da qual ainda não conseguimos medir as dimensões e as consequências. O aumento dos casos de violência é assustador. Não só contra as mulheres, mas contra o feminino em um sentido mais amplo”, conta Verônica Fabrini.

A partir desse cenário, a arte teatral, na opinião de Verônica, torna-se um forte aliado na reflexão e na mobilização de uma ação em prol da humanidade de cada espectador. “O teatro é uma arte do encontro e acredito que, por intermédio do encontro, da conversa e do envolvimento com a sensibilidade que a arte proporciona, é possível pensar em novas e amorosas formas de existir. Esse pequeno trabalho cênico busca isso: levantar a questão, fazer com que as pessoas pensem e conversem sobre o tema e busquem, cada comunidade com jeito próprio e maneira de agir, formas de enfrentar esse problema”.

Para ganhar a cena teatral, o espetáculo Mujeres Violentas se nutre de duas formas de narrativa: a documental/real e a teatral/ficcional. “Por meio desses contrastes, duas atrizes jogam com a construção e a desconstrução de teatralidades, dando voz ao performativo enquanto ativismo e denúncia, mas sem perder de vista as metáforas e a poesia. A encenação procura alcançar uma consciência emocionada”, destaca a atriz.

Serviço

"Mujeres Violentas"

Quando: quinta (31/1) e sexta (1/2), às 20h
Onde: Sala dos Toninhos, na Estação Cultura (Rua Francisco Teodoro, 1050, Vila Industrial, em Campinas)
Entrada gratuita